“Então, depois, quando ele sussurra:
— Você me ama. Verdadeiro ou falso?
Eu digo a ele: — Verdadeiro.”
ask blablabla faq twitter amor
1 / 24 »


"Coração não é panfleto de rua, para entregar ao primeiro que passar."

~ Kéfera Buchmann.  (via justifica-dor)



"Mas amor não se implora. Dá quem quer e sente quem menos espera."

~ Poesografias.    (via justifica-dor)

"Então, ele apareceu. Ele apareceu na minha vida de mansinho. Eu apareci na vida dele devagarinho. Nós aparecemos na vida um do outro, sem pedir nada, sem cobrar nada, sem dizer nada. Depois, as palavras. Elas, que me seduzem. Elas, que me envolvem. Elas, que me aproximam. Foram as palavras que me aproximaram dele. E foram elas que me conduziram até o amor da minha vida. Entre uma palavra e outra, uma inquietação. Entre uma inquietação e outra, a curiosidade. Entre uma curiosidade e outra, um medo. Será? Entre um será e outro, um relâmpago chamado coragem. Fui. Ele veio. Nós fomos. Daquele dia em diante, não ficamos um dia sequer sem nos falarmos, seja por telefone, e-mail, mensagem, telepatia. Entre uma conversa e outra, um sentimento. Entre um sentimento e outro, o amor e, com ele, a definição. Sim. Sim. Sins."

~ Clarissa Corrêa. (via escondo)

"Eu quero alguém. Não é alguém que chega e simplesmente faça meu coração gelar quando eu olhar nos olhos dele. Mas também alguém que faça dos nossos erros, um acerto para o namoro. Pra tudo. Que todas as nossas discussões sejam levadas em conta e que nem distância e problemas atrapalhem nossos planos. Melhor. Eu quero alguém que não só aceite meus defeitos, mas também me ajude a fazê-los não existir. Alguem que me tire do serio somente por me fazer ciúmes, mas que tenha olhos só pra mim. Que não fique conversando com qualquer menino só por ele ser legal e você querer ser amigo dele, quando sabemos que ele está afim de você. Que se entregue pra mim, pra eu poder me entregar, e aceite construir um mundo só comigo, sem se importar com o resto. Fazer “fuck the rest” valer a pena. Alguém que esteja pra mim do mesmo tanto que eu estarei pra ele. Cansei de ser o único ali pra todo mundo. Porque, no final, eu acabo ficando ali. Sozinho. Mas ninguém se importa, porque já deixei todo mundo bem. As pessoas andam fazendo os sentimentos dos outros valerem nada, como se isso fosse legal. Não é. Legal é acabar o dia e você contar da sua vida para aquela pessoa, e tirar sorrisos/ter sorrisos tirados por ela também. Quero que minha mãos sejam seguradas bem forte quando eu pensar em soltá-las, pra ter confiança de que a pessoa me quer até quando eu estou péssimo. No final de tudo, na verdade eu só quero ser feliz. E fazer alguém feliz."

~ João Luis



THEME CREDIT ©